814kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Bruno Campos

Convidado

Artigos publicados

Novo Governo

Marcelo e Montenegro: quem os viu e quem os vê

Se há um ano alguém antevisse Marcelo com tão pouca popularidade e Montenegro como o político com melhor avaliação dos portugueses, seria apelidado de alucinado. Mas a política surpreende.
Governo

Governo em ação e o protagonismo político

O Executivo toma finalmente a dianteira do protagonismo político, o que é necessário para justificar simbolicamente a sua própria existência.
PS

AD vs. PS: as perceções da política

Com a AD no poder, o que salta à vista é que o PS tem sido, em grande medida, o agente definidor da forma como a realidade se desenrola.
Luís Montenegro

Um primeiro-ministro desenrascado?

Se Montenegro mostrar capacidade no emaranhado em que se encontra, conquistará um capital político significativo.
Eleições

Política chata vs. Política vivaça

A propensão é de ignorar a “chatice” dos programas eleitorais (e respetivo substrato teórico-empírico) e produzir/consumir os tais “aforismos citáveis”, isto é, soundbites.
Democracia

Democratas não praticantes

Se muitos portugueses são católicos não praticantes, também bastantes são democratas não praticantes. Só em ocasiões especiais dão sinal de vida.
PSD

Montenegro a “Sentir Portugal”: é mútuo?

A aparição de Cavaco, o sebastianismo em torno de Passos e um conquistador-fazedor Moedas (desde a vitória em Lisboa até à JMJ) colocam Montenegro num bolso no seio do espaço do centro-direita.
António Costa

Demissões há muitas

O chefe do executivo deu a entender que a corrupção é um assunto menor e, por isso, pode ser desvalorizada. Ou então, que demissões de governantes há muitas e, por isso, não merecem atenção.
Politicamente Correto

As palavras e a imposição da moralidade

Quanto mais imposições se colocarem ao discurso de cada um, não só menor liberdade linguística tem o indivíduo, como também menor capacidade de se afirmar com pensamentos e sentimentos próprios.
Eleições Presidenciais

Gouveia e Melo: a sociologia do líder carismático

No início de 2026, quão presentes na memória os portugueses terão as vivências pandémicas e o papel do almirante? Se a resposta for “muito”, quanto isso pesará no voto?

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos