333kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

João Paulo Carvalho

Convidado

Artigos publicados

Pandemia

Confina, desconfina e passa

Houve tempo para tudo, mas não se usou por preconceito ideológico e, sobretudo, pelo facto do combate à pandemia ter sido alicerçado na mentira repetida tantas vezes. A elasticidade do SNS.
Pandemia

Não há maravilhas no país da Alice

Não há honra na morte. Mas honremos os que se sacrificam, os que perdem e não aguentam mais, fazendo uma aposta inequívoca no acompanhamento dos profissionais de saúde.
Profissionais de Saúde

O futuro está em off

Dizer que as organizações profissionais não devem fiscalizar o Estado, é autocrático e pernicioso. O país não pode depender de organismos de nomeação para fiscalizar as decisões de quem os nomeia.
Serviço Nacional de Saúde

A Cigarra e a Formiga

A manta é cada vez mais curta: se antes se destapavam os pés para tapar a cabeça, hoje aconchega-se o tronco mas deixa as cuecas à vista. Não restem dúvidas, o sistema nacional de saúde está de tanga.
Coronavírus

DGS - Dúvida Grande e Supimpa

Não podemos pedir aos portugueses que entreguem a sua saúde a quem não sabe contar, a quem tem dificuldade em manter a coerência, a quem tem problema comunicacional desta dimensão.
Serviço Nacional de Saúde

São palmas, Senhor, são palmas

A distração pode ter-se dado por Costa estar a olhar os sacrifícios dos profissionais do SNS e quando perguntou a Centeno o que levava no regaço, este ter respondido: “São palmas, Senhor, são palmas".
25 de Abril

A igualdade não se festeja com segregação

O meu humilde contributo para esta data é uma sugestão de ementa. Um Porco à Orwell seria o prato indicado para celebrar o 25 de Abril no parlamento já que isto não é assinalar a democracia.
Coronavírus

O urgente não dá tempo ao importante

Há profissionais de saúde que se despediram dos filhos para não os infectar, há casais que ficam juntos porque não há hecatombe que os separe, há quem deixe os pais, de lágrimas nos olhos.
Coronavírus

Quer a factura com número de contribuinte?

Não há formação nem directrizes claras nos hospitais, as cirurgias programadas continuam como se não houvesse necessidade de começar a libertar camas, a ministra da Saúde manda os doentes isolarem-se.
Violência

Não se aponta!

Uma agressão a um funcionário público não é só um ataque à integridade física da pessoa nem se esgota no desrespeito pela classe profissional. É violência exercida contra o Estado.
Serviço Nacional de Saúde

A ilusão dos números

A saúde não está melhor, está mais opaca e melhor trabalhada do ponto de vista da comunicação. E aquilo que mais me incomoda não são só as falhas constantes, é estarmos mais resignados e menos livres.
Serviço Nacional de Saúde

Prudência no ânimo

Não se cura a doença, trata-se a dor, cuida-se da queixa ou amputa-se o membro, como no Garcia de Orta. Nunca ouvirão que se perdeu um dedo porque se comprará um pechisbeque para um dos que sobraram.
Ordem dos Enfermeiros

O medo é livre

A Ordem fez o que lhe cabia, apoiou os enfermeiros e denunciou, quando teve de denunciar, situações que põem em risco a segurança e qualidade dos cuidados de saúde. Assobiar para o lado não é solução.
Enfermeiros

O Asno de Buridan

Este é um país onde os administradores hospitalares só administram de nome. São eunucos da função pública a quem pouco mais é permitido do que responsabilizarem-se pessoalmente se as coisas correm mal
Enfermeiros

Abriu a época de caça ao enfermeiro

As redes sociais vieram exponenciar o modus operandi, na era em que todos têm direito a ter opinião, exércitos de perfis falsos destilam veneno a soldo. Importa que se saiba que o ardil é inteligente
Serviço Nacional de Saúde

Eu dou a cara, os enfermeiros dão a cara 

Na política não pode valer tudo. Quando falamos de vidas e de dignidade é preciso olhar para as imagens tornadas públicas e ter compaixão. Se o ministro da Saúde não a tem, que caminho lhe resta?
Serviço Nacional de Saúde

Eu dou a cara, os enfermeiros dão a cara

Quando estamos a falar de vidas e de dignidade, é preciso olhar para imagens que foram tornadas públicas e ter compaixão. Se o ministro da Saúde não a tem, será que o senhor primeiro-ministro a tem?
A página está a demorar muito tempo.