FC Porto

Estoril-Porto: bancada em risco de ruir leva a suspensão do jogo.

477

Durante o intervalo vários adeptos fugiram em direção ao relvado do estádio António Coimbra da Mota. O jogo acabou por ser suspenso por "motivos de segurança". Ainda não há data para novo jogo.

AFP/Getty Images

Uma bancada em risco de ruir obrigou a polícia a evacuar a zona onde estavam adeptos do FC Porto no estádio do Estoril durante o jogo da noite desta segunda feira a contar para a Liga. Os adeptos aguardaram no relvado enquanto as autoridades decidiam o que fazer. Um adepto do FC Porto que fugiu para o relvado relatou à SportTV: “A bancada está toda a cair”.

Alguns adeptos do FC Porto chegaram a receber assistência médica. Os ferimentos foram ligeiros e causados pela confusão que se gerou durante a evacuação da bancada. Aquela zona do estádio que esteve em risco de ruir no Estádio António Coimbra da Mota foi inaugurada em setembro de 2014.

Os adeptos do FC Porto abandonaram, encaminhados pela polícia, o estádio António Coimbra da Mota. Alguns deles ainda regressaram à bancada, um retorno autorizado pelas autoridades, mas o jogo foi mesmo suspenso e será retomado em data a determinar. Enquanto os espectadores esperavam nas bancadas, os jogadores aguardavam no túnel de acesso ao relvado.

O Estoril reagiu à suspensão do jogo em comunicado e explicou que “a interrupção está ligada ao facto de parte da bancada norte ter tido um abatimento no centro”. E acrescenta: “Depois de reunidas as entidades do Estoril Praia, FC Porto, Liga Portugal e Forças de Segurança, entendeu-se não estarem reunidas as condições de segurança para que o jogo prossiga”.

Os azuis e brancos também confirmaram que “questões de segurança” estiveram na origem da suspensão da partida a contar para 18ª jornada da Liga NOS. Acrescentaram ainda que “não ficou definida qualquer data para a partida, sendo que a mesma terá de ser acordada pelos dois clubes — apenas se colocou de parte a hipótese de terça-feira, 16 de janeiro.”

Quanto à Liga Portugal, explicou em comunicado:

“A partida da 18.ª jornada da Liga NOS entre o Estoril Praia e o FC Porto foi interrompida, durante o intervalo, após a evacuação de adeptos de uma das bancadas do Estádio António Coimbra da Mota, medida articulada entre responsáveis da Liga Portugal, Câmara Municipal de Cascais, Bombeiros e sociedade desportiva anfitriã.

Depois de reunir com estas entidades, assim como com a equipa de arbitragem, o comandante das forças de segurança presente considerou que não estavam reunidas as condições de segurança necessárias para o reinício da partida.

A Liga Portugal vai agendar uma reunião de partes, amanhã, com caráter de urgência, com o Estoril Praia e demais entidades competentes.”

Ainda durante os largos minutos em que se aguardou por um uma decisão, surgiram nas redes sociais imagens do interior do Estádio António Coimbra da Mota, imagens como esta:

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site