Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os rebeldes pertencentes ao grupo EIIL (Estado Islâmico do Iraque e do Levante), um grupo próximo à al-Qaeda , atacaram a cidade iraquiana de Tikrit, um dia depois de terem tomado o controlo de Mossul, da região de Ninive e de áreas de Kirkuk e Salaheddin. De acordo com a BBC, os rebeldes tomaram o controlo de algumas partes da cidade, que fica a 150km de Bagdade, a capital do Iraque.

Ainda hoje os rebeldes tomaram o consulado turco da cidade iraquiana de Mossul e sequestraram o chefe da missão diplomática e 24 funcionários, disseram as autoridades turcas à BBC. As autoridades afirmam ainda que conseguiram falar com um dos raptores, segundo o qual as pessoas raptadas estão em segurança e serão levadas para um local seguro.

O primeiro-ministro iraquiano Nouri al-Maliki, que pediu ao Parlamento a declaração do Estado de emergência no país, já garantiu que irá combater os rebeldes e que os mesmos serão punidos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR