A agência de notação financeira Standard & Poor’s anunciou neste sábado que melhorou a avaliação sobre a dívida soberana do Reino Unido de “negativa” para “estável”. Segundo a agência, as perspetivas de crescimento da economia britânica são de três por cento para este ano e 2,5 por cento para 2015.

No entanto, avisa que tanto as “perspetivas económicas” como a avaliação positiva poderão sair prejudicadas caso o Reino Unido decida sair da União Europeia (UE). A hipótese de saída da UE foi tema de debate interno durante as eleições europeias e levou o primeiro-ministro britânico, David Cameron, a comprometer-se com a realização de um referendo, caso seja reeleito em 2015.

“Acreditamos que a saída do Reino Unido da UE teria um impacto desproporcionado nos negócios britânicos e no setor dos serviços financeiros”, afirmou a agência de notação financeira.