O acordo foi conseguido esta manhã: vão ser três os debates televisivos entre os dois candidatos às primárias do PS, momentos que podem ser decisivos para a escolha do candidato do PS nas próximas legislativas. As datas ficaram mais próximas do que pretendia Seguro: dois dias seguidos, 9 e 10 de setembro; e um outro mais próximo do dia D: a 23 de setembro.

Segundo Jorge Coelho, ao acordo — conseguido numa reunião entre representantes das candidaturas — segue-se um encontro com os diretores de informação dos três canais televisivos principais, já na segunda-feira. Aí deverá ser sorteada a ordem destes duelos.

Cada um dos debates terá 35 minutos de duração, uma proposta salomónica de Coelho face ao que pretendiam Seguro (45m) e Costa (25m).

A negociação destes momentos de confronto prolongou-se nos últimos dias, merecendo até críticas de parte a parte. Seguro chegou a acusar António Costa de “fugir” a debates, o que mereceu uma resposta pronta da candidatura adversária.