Mais uma vez, Nova Iorque voltou a acender as luzes evocativas do World Trade Center para homenagear as vítimas do 11 de setembro. Estas fotografias ainda são dos ensaios da noite de quarta-feira, mas esta noite as luzes vão ficar acesas, assinalando o local onde anteriormente estavam as Torres Gémeas destruídas nos atentados terroristas de 2001.

Os blocos de luz azul são uma instalação artística chamada Tribute in Light (ou tributo em luz) e todos os anos, desde 2002, estas luzes são ligadas no 11 de setembro para lembrar as vítimas e ajudar a “curar a cidade”. A iniciativa foi concebida por vários artistas entre eles John Bennett, Gustavo Bonevardi, Richard Nash Gould, Julian Laverdiere, e o especialista em luz Paul Marantz.

As luzes brilharam pela primeira vez a 11 de março de 2002, seis meses depois da tragédia. A iniciativa foi bem recebida pelos nova-iorquinos e todos os anos estas luzes têm assinalado o local onde foram erguidas as Torres Gémeas. Cada foco tem uma potência de 7.000 watts e é constituído por 88 bulbos Xenon.

Veja como são instaladas as luzes: