A companhia aérea alemã, Lufthansa, anunciou esta sexta-feira que vai aumentar de três para quatro os voos semanais entre Berlim e Caracas, depois de reduzir as operações devido a dificuldades para repatriar capitais e lucros da venda de bilhetes.

A partir de 26 de outubro as ligações asseguradas pela companhia alemã acontecem aos domingos, segundas, terças e sextas-feiras, durante toda a época de inverno 2014-2015, com um aumento de 33% dos lugares disponíveis.

Os voos vão ser efetuados por um Airbus A330-300, com 221 lugares disponíveis, 8 deles em “primeira classe”, 48 em “classe executiva”, 165 em “classe económica”, prevendo a empresa oferecer proximamente uma nova classe, a “económica premium”.

O aumento dos voos tem lugar depois de, em maio, a Lufthansa ter suspendido a venda de bilhetes na Venezuela e de, em julho, ter reduzido de cinco para três as ligações semanais entre Caracas e Frankfurt.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Desde 2012 que as companhias aéreas internacionais enfrentam dificuldades nas autorizações para repatriar capitais gerados pelas operações na Venezuela.

A situação afeta a transportadora aérea portuguesa, a TAP, e, pelo menos, outras 13 transportadoras internacionais.