O Conselho de Segurança das Nações Unidas convocou esta quarta-feira uma reunião de emergência por causa de vários avistamentos de tropas russas que terão passado a fronteira e pisado o solo ucraniano, avança a BBC.

Segunda-feira uma coluna de tanques não identificados foi vista perto da cidade de Shakhtarsk, controlada pelos rebeldes.

Oficiais da NATO viram equipamentos militares russos e tropas de combate a entrar na Ucrânia, disseram as hierarquias de topo. “Tanques russos, artilharia russa, sistemas aéreos de defesa e tropas de combate russos foram avistados”, disse
Philip Breedlove.

O ministério da Defesa russo já recusou que as tropas estivessem no leste da Ucrânia pata ajudar os separatistas pró-russos. Ainda assim, os rebeldes já admitiram estarem a ser ajudados por “voluntários” russos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Esta manhã, a cidade de Donstek foi abalada por fogo disparado de artilharia pesada. Não ficou claro quem disparou, se os rebeldes, se as forças do governo ucraniano, se ambas.

Também na cidade de Luhansk, um soldado ucraniano foi morto e e outro agredido na sequência de disparos dos rebeldes, afirmaram as forças de segurança.