Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Zlatan Ibrahimovic já habituou os seus seguidores a ser notícia nos jornais desportivos em todo o mundo, seja pelos golos marcados, seja por declarações polémicas. É que o sueco não é propriamente conhecido por ser o mais modesto do mundo do desporto — mais recentemente, quando foi nomeado o segundo melhor desportista da história da Suécia, apenas ultrapassado pelo tenista Bjorn Borg, afirmou que “com todo os respeito pelos outros, nessa lista eu sou 1.º. 2.º, 3.º, 4.º, 5.º…”. Desta vez, no entanto, os motivos são outros: a estrela do Paris Saint Germain é notícia depois de ter caçado um alce de aproximadamente 500 quilos durante as férias de Natal.

A pontaria do jogador de 33 anos está a merecer as primeiras páginas de alguns jornais suecos, como é o caso do SportExpressen, que destacou o facto de Ibrahimovic ter acertado no animal à primeira tentativa. Ainda assim, apesar da admiração e dos elogios que recolheu do próprio secretário-geral da Associação Sueca para a caça, Bo Sköld, os defensores dos direitos dos animais já criticaram o destaque dado pela imprensa ao feito de Ibrahimovic.

A presidente da associação pela defesa dos direitos dos animais na Suécia (Animal Rights Sweden), Camilla Björkbom, condenou a atitude do jogador, descrevendo como “problemático” quando um “ídolo” como Ibrahimovic promove atividades deste género.

Apesar de a caça ser legal naquele país, Camilla Björkbom alertou para as consequências de ter pessoas com o perfil de Ibrahimovic ou do próprio Rei da Suécia, Carlos XVI Gustavo, como símbolos da caça ao alce. “Há sempre um valor simbólico quando as pessoas famosas (…) fazem estas coisas. Dá-lhes [a este tipo de atividades] legitimidade”, sustentou Björkbom.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A ativista fez questão de sublinhar que estes animais, quando feridos nestas circunstâncias, têm uma “morte muito dolorosa”.

O jogador sueco é um conhecido apaixonado pela pesca e pela caça. A 19 de dezembro, Ibrahimovic, que representou, entre outros emblemas, o Inter de Milão e o Barcelona, publicou uma foto no Instagram onde mostrava um dos seus últimos troféus…