A filial japonesa da McDonald’s revelou hoje planos para realizar controlos rigorosos em quase todos os seus pontos de venda, depois de várias denúncias de clientes que encontraram objetos estranhos aos alimentos.

A McDonald’s Japão vai recorrer aos serviços de uma empresa especializada externa para controlar os processos de limpeza e a capacidade dos seus trabalhadores para detetar elementos estranhos aos alimentos em cerca de 3.100 dos seus estabelecimentos, confirmou à Efe um porta-voz da cadeia de restauração rápida.

A empresa tomou a decisão depois de receber uma queixa de um cliente que encontrou um bocado de plástico dentro de um menu ‘Chicken McNuggets’ vendido no norte do país asiático no início deste mês.

Outras denúncias incluem a de um consumidor que encontrou um dente numas batatas fritas de um menu ‘Big Mac’ em agosto, e o caso de uma criança que ficou ferida na boca por um pedaço de plástico que estava dentro de um gelado.

No passado mês de julho, a filial japonesa da McDonald’s teve de retirar todos os seus produtos que continham frango proveniente da China, depois de um escândalo de carne contaminada alegadamente fornecida por uma empresa do país vizinho.