A Câmara dos Representantes norte-americana evitou esta noite que a Agência de Segurança Nacional (NSA) entrasse em encerramento parcial, mas apenas estendeu o financiamento até 06 de março, forçando o Congresso a voltar a abordar o tema esta semana.

A medida, já aprovada antes pelo Senado, foi alcançada uma hora antes de expirar o prazo (meia-noite de sexta-feira), com 357 votos a favor e 60 contra na votação na Câmara dos Representantes.

Agora falta a assinatura do Presidente norte-americano, Barack Obama, para garantir a liquidez da principal agência de segurança do país, cujo orçamento ficou refém da batalha partidária sobre as medidas de imigração do Governo, as quais regularizariam temporariamente mais de cinco milhões de imigrantes ilegais.