Segundo o comunicado da organização, os fundos vão permitir a cinco agência das Nações Unidas, incluindo o Fundo da ONU para a Infância (UNICEF), Organização Mundial de Saúde (OMS) e Programa Alimentar Mundial (PAM), ajudar em 2015 18 milhões de norte-coreanos através do fornecimento de água potável e de alimentos.

Quase 70% da população da Coreia do Norte “não tem condições de comer corretamente para uma vida saudável” e 27,9% das crianças menores de cinco anos sofrem de má nutrição crónica, refere o comunicado.