Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O prestigiado ranking de ensino superior Quacquarelli Symonds World University Ranking by Subject considerou a Universidade do Porto uma das 100 melhores universidades do mundo na área da Engenharia Civil e de Estruturas.

Na elaboração deste ranking foram consideradas mais de 3000 universidades e 10.000 cursos de todo o mundo. Cada área de ensino foi avaliada usando três indicadores de qualidade: reputação académica, reputação entre empregadores e produção científica.

Para além de ter sido considerada uma das melhores na área da Engenharia Civil, o ranking classificou a Universidade do Porto como uma das 350 melhores do mundo em 13 das 36 áreas de ensino e investigação analisadas por este ranking: está no top 200 em Engenharia Química, Engenharia Eletrotécnica, Agricultura e Silvicultura, Farmácia e Farmacologia e Ciências Ambientais; e entre as 200 e as 350 melhores do mundo na área das Línguas Modernas, Ciências de Computadores, Engenharia Mecânica, Ciências Biológicas, Medicina, Química e Matemática.

Os resultados apresentados neste ranking representam uma melhoria significativa da Universidade do Porto em relação ao ano anterior. Melhorou a sua classificação em 10 áreas, visto que em 2014 foi considerada no top 350 em apenas sete áreas de ensino analisadas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Também outras cinco universidades portuguesas foram consideradas no ranking deste ano. A Universidade NOVA de Lisboa foi considerada a 312º melhor do mundo, a Universidade de Coimbra está no lugar 351º, a Universidade de Lisboa está em 501º e a Universidade Católica Portuguesa em 601º.

Ranking mundial Times Higher Education 100 Under 50

Num ranking diferente – Times Higher Education 100 Under 50 -, que pretende chamar a atenção para as cem instituições que conseguiram um nível de excelência num curto espaço de tempo (em menos de 50 anos) também se encontram três universidades portuguesas: Universidade do Minho (64º lugar), Universidade de Aveiro (69º) e Universidade Nova de Lisboa (89º).

Este ranking, criado em 2012, “utiliza os mesmos 13 indicadores do ranking mundial da Times Higher Education, um dos mais prestigiados rankings internacionais, recalibrados para o perfil de instituições mais jovens”, refere o comunicado de imprensa da Universidade do Minho.

Texto atualizado às 22h00, com ranking Times Higher Education 100 Under 50