O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, comentou este domingo de manhã as notícias que o dão como de saída do Governo. Num Twitter rapidamente reproduzido, o grego escreveu: “Os rumores de minha renúncia iminente são (pela enésima vez) manifestamente prematuros”.

As notícias sobre o fim do prazo deste académico no Governo de Alexis Tspiras aumentaram desde que, em abril, houve uma recomposição da equipa de negociadores com os credores e Varoufakis perdeu peso face ao vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Euclid Tsakalotos.

Na anterior reunião do Eurogrupo, a Grécia havia sido duramente criticada e Varoufakis chegou a desabafar, também através da sua conta no Twitter, que sabe o quanto é odiado. “Eles são unânimes no seu ódio em relação a mim; e eu dou as boas vindas a esse ódio.Uma citação muito próxima do meu coração (e da realidade) por estes dias”, escreveu citando uma frase do ex-Presidente norte-americano, Franklin Delano Roosevelt, em 1936.