A Interpol, Organização Internacional de Polícia Criminal, emitiu neste domingo um alerta internacional por causa da fuga do narcotraficante Joaquín “El Chapo” Guzmán, cabecilha do cartel de Sinaloa, anunciaram as autoridades federais mexicanas.

Para além do alerta, que significa “um pedido de apoio” a todas as polícias que pertencem à Interpol, entre mais de uma centena de países, “há um aviso em todo o país para detetar em centrais de camionagem, aeroportos e portos marítimos” a possível presença do narcotraficante, acrescentaram as fontes, citadas pela agência EFE.

O narcotraficante Joaquín El Chapo Guzmán fugiu da prisão no Estado do México, no sábado, por um túnel com 1,5 quilómetros de comprimento com ligação a um prédio fora da área prisional. Na cela de El Chapo foi encontrado, na zona do duche, um buraco com 50 centímetros de largura e 10 metros de profundidade com um escadote.

Joaquín El Chapo Guzmán estava preso desde fevereiro de 2014 e esta foi a sua segunda fuga de uma prisão mexicana em 14 anos.