O FC Porto venceu este sábado o Duisburgo por 2-0, em jogo de preparação para a época 2015/16 de futebol, que marcou a estreia do guarda-redes Casillas e do lateral Maxi Pereira.

Depois da goleada por 5-1 frente ao Fortuna Sittard, da segunda divisão da Holanda, foi a vez de os ‘dragões’ baterem um conjunto recém-promovido à segunda Liga da Alemanha, que apenas baqueou com tentos de Brahimi (60) e Hernani (64).

Apesar de terem poucos dias de trabalho, Casillas (ex-Real Madrid) e Maxi Pereira (ex-Benfica) fizeram a sua estreia pelo FC Porto, que apenas na segunda parte materializou a sua natural superioridade.

No primeiro tempo, com um ‘onze’ inicial com apenas Jose Angel, Maicon, Marcano e Tello a transitar do plantel da época passada, o FC Porto foi melhor, mas pouco perigoso no ataque, tendo Casillas passado mesmo por dois sustos, com fortes remates de fora da área, que passaram muito perto do poste.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As melhores oportunidades pertenceram em remate à meia-volta Bueno (39), que o guarda-redes defendeu para canto, e um outro de Tello (41), que bateu no calcanhar de Ratajczak e, caprichosamente, não entrou.

No segundo tempo, com a equipa remodelada, o FC Porto foi mais incisivo e as oportunidades foram-se sucedendo, com o guarda-redes a ser o principal responsável pela manutenção do nulo, até aos 60.

Depois de ter ‘sentado’ dois adversários e ver Ratajczak novamente com ‘estrelinha’ no calcanhar, Brahimi inaugurou o marcador, quando surgiu isolado na cara do guarda-redes.

Quatro minutos depois, o argelino serviu Hernâni, que, sozinho na direita, atirou por entre as pernas do guarda-redes, fazendo o definitivo 2-0.

Com o jogo resolvido, a maior rapidez e dinâmica que caracterizou o início do segundo tempo foi-se diluindo, mas com os portugueses sempre no controlo perante uma equipa que não criou perigo.

Jogo no Chauinsland Reisen Arena, em Duisburgo.

Duisburgo — FC Porto, 0-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Brahimi, 60 minutos.

0-2, Hernâni, 64.

  • FC Porto: Casillas, Jose Angel, Maicon, Marcano, Maxi Pereira, Danilo, Imbula, Alberto Bueno, Tello, Varela e André Silva. Jogaram ainda, Sérgio Aboubakar, Helton, Ricardo, Lichnovsky, Martins Indi, André André, Evandro, Brahimi, Alex Sandro, Ruben Neves e Adrian.

Treinador: Julen Lopetegui.