Um homem morreu colhido por um touro quando filmava uma largada nas ruas de uma vila no centro de Espanha. O touro atacou o espanhol de 32 anos, perfurando-o o pescoço.

“O jovem estava no caminho de uma largada de touros que estava a filmar com o telemóvel”, disse à agência noticiosa francesa AFP Jesus Hijosa, presidente da câmara de Villaseca de la Sagra, local onde ocorreu o incidente. “Um touro surpreendeu-o com uma cornada no pescoço”.

O acidente aconteceu na madrugada de dia 9 de agosto, durante uma largada do encierro da semana cultural de Villaseca de la Sagra, localidade perto de Toledo. A vítima residia na vila vizinha de Villasequilla e, segundo o Hijosa, não era um frequentador habitual de largadas.

“Isto dá-nos calafrios… Nós organizamos estas largadas porque são uma tradição espanhola. Queremos que as as pessoas se divirtam, mas estas coisas acontecem.”, confessou Hijosa. “Os touros são animais perigosos e às vezes há pessoas que não prestam atenção. É preciso ter bom senso”, acrescentou.

Pelo menos 15 pessoas morreram nas mais famosas largadas espanholas, as de Pamplona, desde 1911. Milhares de turistas juntam-se a estes populares eventos em que o público corre à frente a uma manada de touros. O escritor norte-americano Ernest Hemingway imortalizou as largadas no romance “O Sol Nasce Sempre (Fiesta)” de 1926.