478kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Fotografias "Tiny Planet", a nova moda do Instagram

Este artigo tem mais de 5 anos

Já conhece a nova tendência dos utilizadores do Instagram? Chama-se "Tiny Planet" e são fotografias com um efeito esférico, que mais parecem "pequenos planetas".

i

AFP/Getty Images

AFP/Getty Images

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Há uma nova moda no Instagram: fotografias “Tiny Planet”. O nome pode parecer estranho, mas o resultado final impressiona qualquer um.

São imagens em que a paisagem e o meio envolvente são distorcidos para criar um efeito esférico, dando a ideia de que se trata de um “pequeno planeta”. O fenómeno chamou a atenção do The Wall Street Journal, que foi descobrir como se criam este tipo de fotografias.

Segundo o jornal norte-americano, a melhor forma de tirar uma fotografia esférica como esta é usando uma câmara Ricoh Theta, que custa cerca de 300 dólares. O pequeno dispositivo possui duas objetivas “grande-angular” à frente e atrás, o que permite criar registos fotográficos de 360 graus, como este:

Sunflower island in Setagaya-ku,Tokyo - Spherical Image - RICOH THETA
(Pode interagir com a imagem, tocando ou clicando com o rato)

Existe ainda uma aplicação móvel que permite conectar a Ricoh Theta a um smartphone e transferir fotografias. Para adaptar a imagem panorâmica ao estilo “Tiny Planet”, basta fazer zoom out (afastar a imagem), ajustar o plano e fazer uma captura de ecrã. Em breve, a empresa que desenvolveu a câmara deverá lançar uma outra aplicação de edição e partilha de fotografias, o que facilitará o processo.

Uma foto publicada por @jayperdomo a

Mas nem toda a gente tem 300 dólares para gastar num gadget como este. Por isso, surgiram algumas alternativas mais económicas que permitem replicar o efeito com a câmara do seu smartphone. Na App Store (iOS) pode descarregar o Circular+, por 1,99 euros. Em Android pode descarregar o Tiny Planet FX Pro, por 3,35 euros. Há ainda alguns telemóveis Android que permitem a criação de fotografias esféricas através da aplicação Google Camera. Para tal, com a aplicação aberta, puxe o menu lateral à esquerda e selecione a opção “Photo Sphere”. Depois, carregue em “editar” e selecione “Create Tiny Planet”.

Um conselho do The Wall Street Journal: tire estas fotografias no exterior e, no momento de dar o clique final, enquadre o horizonte para que se veja mais céu do que superfície. Tente também manter o telemóvel sempre ao mesmo nível. Só assim conseguirá um bom efeito “Tiny Planet”, muito mais divertido do que as fotografias planas a que já estamos habituados.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.