A presidente do Supremo Tribunal da Grécia, Vassiliki Thanou, foi nomeada hoje primeira-ministra do governo provisório que dirigirá o país até às eleições legislativas antecipadas, informou a presidência. Thanou, 65 anos, é a primeira mulher a assumir a chefia do governo no país.

A sua tomada de posse está prevista para hoje à tarde e a do seu governo para sexta-feira, segundo um comunicado da Presidência. A data das eleições legislativas antecipadas só deve ser oficialmente anunciada pelo Presidente, Prokopis Pavlopoulos, no final da semana, sendo provável que seja 20 de setembro.

O primeiro-ministro cessante, Alexis Tsipras, demitiu-se na semana passada depois de uma cisão no grupo parlamentar do Syriza a propósito do novo programa de resgate à Grécia. Em declarações à imprensa na quarta-feira, Tsipras afastou a possibilidade de formar uma coligação, seja com a Nova Democracia (conservador), o Pasok (socialista) ou o To Potami (centro-esquerda), caso não vença as eleições com uma maioria clara.