São raras as publicações que chegam ao número 1000 e a icónica Esquire, que atingiu a marca com a corrente edição de outubro de 2015, não quis deixar passar o feito em vão: todo o arquivo da revista, a começar no primeiro número, lançado em setembro de 1933, foi disponibilizado na internet. Atenção: infelizmente, o acesso, não é grátis, custa 4,99 dólares (4,40€) por mês, sendo que o primeiro é oferta, ou 45 dólares (39,80€) por ano. Ainda assim, tendo em conta a riqueza do material disponível, é uma oferta a ter em conta.

esquire outubro 2015

O número 1000 da Esquire, lançado este mês.

O novo site criado para os subscritores deste serviço contempla todas as revistas que a Esquire publicou ao longo dos seus 82 anos de existência, organizadas cronologicamente. Ao todo, são cerca de 50 mil artigos e 250 mil páginas de conteúdos, muitos deles nunca antes disponibilizados digitalmente. Perante uma coleção tão extensa, o arquivo inclui uma utilíssima ferramenta de procura, bem como uma seleção de alguns artigos recomendados pelos atuais editores da revista. Ambos facilitam, e muito, o trabalho de encontrar o que se pretende ou é relevante.

Captura de ecrã 2015-09-19, às 01.54.09

O mosaico que organiza as décadas da Esquire.

Algumas das edições mais antigas da revista tiveram de ser compradas de propósito para a ocasião, já que nem faziam parte da coleção disponível nos escritórios da Esquire. Para provar que o arquivo também pode ser útil a quem procura a melhor informação na atualidade, o novo site irá destacar conteúdos antigos que sejam relevantes para a atualidade, como por exemplo entrevistas com o atual candidato Donald Trump, entre outras. Quem estiver interessado pode seguir essas sugestões ou ver na fotogaleria alguns dos números mais marcantes da história da revista.