O grupo Parvalorem anunciou esta segunda-feira o acordo para a venda da totalidade do capital do Banco Efisa, o banco de investimento que era um ativo do antigo Banco Português de Negócios (BPN).

O Efisa foi vendido por um preço global de referência de 38,273 milhões de euros, segundo o comunicado. No entanto, antes da alienação o banco de investimento recebeu um aumento de capital subscrito pela empresa pública que ficou a gerir os ativos de má qualidade do antigo BPN.

A operação foi realizada através da Parparticipadas, sociedade que ficou com as participações sociais do banco nacionalizado. O comprador é a Pivot SGPS, uma sociedade que é controlada por investidores angolanos e portugueses. A concretização do negócio depende ainda de autorizações a nível de supervisão financeira.

“Com esta transação, dá-se continuidade ao processo de venda das participações
sociais que foram transferidas do Banco Português de Negócios, S.A. para o Estado
em fevereiro de 2012.”, refere a Parparticipadas em comunicado.