O passeio que um urso selvagem fez por um centro comercial de Podsolnukh acabou em tragédia para o animal.

O insólito aconteceu na cidade russa de Khabarovsk, a 30 quilómetros da fronteira com a China e a cerca de 800 quilómetros de Vladivostok. O animal selvagem andava presumivelmente em busca de alimentos quando irrompeu pela superfície comercial por volta das dez e meia da noite, o que levou à evacuação dos clientes e ao encerramento da mesma, escreve o The Siberian Times.

O urso estava muito agitado e correu pelas lojas partindo portas e janelas. Os seguranças do centro comercial e polícias que acorreram ao local tentaram cercar o animal dentro do centro comercial, mas sem sucesso.

https://www.youtube.com/watch?v=_FwzM-_WE8U

“Os agentes da polícia dispararam várias vezes com o ojetivo de matar o urso, que estava ferido pelos vidros partidos e representava um perigo real para a segurança dos cidadãos”, disse uma fonte ao jornal The Siberian Times.

Natalia Kovalenko, ativista pelos direitos dos animais, criticou a atuação da polícia, argumentando que o animal se irritou com o procedimento policial. Segundo Kovalenko disse à AmurMedia, o animal deveria ter sido capturado no centro comercial de forma a que a sua vida fosse preservada.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Atraíram o urso até ao centro comercial, e colocaram-no em tensão máxima, quando o mas quando o animal saiu e começou a defender-se, mataram-o a tiro. Isso está errado,” disse a ativista ao The Siberian Times.