A polícia venezuelana está a investigar o homicídio de um carpinteiro português ocorrido sábado em Caracas, disseram hoje à Lusa fontes policiais.

Segundo as mesmas fontes, Elias Alberto da Silva Coelho, de 67 anos, foi encontrado morto, com um tiro na nuca, pelas 15:30 locais (20:00 em Lisboa) na estrada que liga as cidades de Guarenas e Guatire, 30 quilómetros a leste de Caracas.

Fontes próximas da família disseram que o carpinteiro, natural de Paredes, informou um familiar, cerca do meio-dia de sábado, que iria recolher uma quantia não determinada em dinheiro num restaurante de El Paraíso, nas proximidades do centro de Caracas.

A polícia procura a viatura do português, que suspeita ter sido roubada.

A insegurança é uma das principais queixas dos cidadãos residentes na Venezuela, afetando tanto cidadãos nacionais como estrangeiros residentes no país, entre eles os portugueses.