Querido Pai Natal,

Todos sabemos as regras de cor. Só mesmo quem se portou exemplarmente durante o ano é que vai ter um vislumbre do que traz no saco vermelho já na próxima semana. Este ano, graças a George Lucas, posso garantir que o meu comportamento foi inegavelmente honrado: faltam apenas algumas horas para o próximo filme da saga “Guerra das Estrelas” chegar aos cinemas. E por isso fiz tudo o que podia para me oferecerem um bilhete para a estreia esta quinta-feira, dia 17.

Mas devo assumir que sou um pouco guloso no que toca a presentes. Há ocasiões que uma pessoa deve celebrar até à exaustão, principalmente quando a infância regressa com tanta pompa e circunstância agora, 38 anos depois de ter visto pela primeira vez um filme da “Guerra das Estrelas”.

Posto isto, e tendo eu provado que só tinha boas razões para ser um cidadão exemplar digno da sua visita, fica aqui a lista de desejos de Natal que quero ver dia 24 de dezembro debaixo da árvore de Natal. Apesar de gostar de fantasia, decidi enviar esta lista a todos os meus familiares (e até ao namorado da minha filha, que com 18 anos já tem boa idade para saber a importância de agradar aos sogros). Pelo sim, pelo não, não vá a carta ser extraviada, aumento desta maneira a probabilidade de ser mais feliz no Natal.

Todas estas ideias foram encontradas em sites de compras online, por isso talvez seja melhor apressar-se a encomendar os produtos.

Até breve,

Um amante incondicional da “Guerra das Estrelas”