Última semana do ano. Parece que ainda ontem demos as boas-vindas a 2015 e — puf! — já estamos a virar a página do calendário outra vez. Já cantava Cazuza que “o tempo não pára”, essa verdade tão certa que gostávamos bem de poder reverter.

Retrospetivas, desejos, resoluções. Se forem do tipo de fazer balanços por esta altura, aproveitem enquanto preparam esta sobremesa, com calma e muito carinho nos detalhes — fazendo bandeirinhas para decorá-la, por exemplo. Afinal, um recomeço é sempre melhor com coisas bonitas.

E não se esqueçam: os 365 dias que aí vêm são 365 novas oportunidades de sermos felizes. Bom ano!

trifle_ano_novo_9_bx

“Trifle” de Ano Novo

Para cerca de 10 doses

3 fatias grossas de pão-de-ló
Sumo de 3 tangerinas
40 ml de licor de laranja (opcional)
Açúcar qb
1 litro de gelatina de morango
400 ml de natas para bater (35% gordura mínimo)
200 g de framboesas
Folhinhas de hortelã para decorar
Coco dourado para polvilhar*

Parta o pão-de-ló em pedaços e distribua-os pelos copos ou taças onde vai servir a sobremesa. Pressione para formar uma camada compacta.
Esprema as tangerinas, misture no sumo destas o licor e adoce com um pouco de açúcar. Mexa bem para dissolver o açúcar e verta sobre os copos. Reserve.
Entretanto prepare a gelatina de acordo com as instruções da embalagem, distribua-a pelos copos e leve ao frigorífico para solidificar.
Antes de servir, bata as natas com açúcar a gosto até ficarem em chantilly. Distribua as natas pelos copos — o ideal é fazê-lo com um saco de pasteleiro.
Decore com as framboesas, as folhinhas de hortelã e o coco dourado.

*Para fazer o coco dourado, misture num saquinho plástico limpo (de congelação, por exemplo) duas colheres de sopa de coco ralado com 1 colher de café de corante dourado em pó. Agite bem, de forma a que o pó dourado cubra todos os flocos de coco. Está pronto a usar.

Teresa Rebelo é autora do blogue Lume Brando.