A Impresa perde mais um dos seus administradores. Depois da saída de Pedro Norton, substituído por Francisco Pedro Pinto Balsemão como presidente executivo do grupo que detém, outros outros, a SIC, o Expresso e a Visão, é a vez do administrador Luís Marques se despedir.

Luís Marques deixará as funções de diretor-geral da SIC, diretor executivo editorial do grupo e responsável pelos conteúdos da estação já dia 6 de março, mas manterá uma colaboração na área da Ficção e Entretenimento Televisivos da Impresa, pode ler-se no comunicado conhecido ao final da tarde.

“A Impresa deve muito a Luís Marques, não só pelo empenho e dedicação que sempre mostrou como jornalista do Expresso e da SIC e, no passado mais recente, como Diretor-Geral da SIC e como COO responsável pelos conteúdos, como também pelas suas competências técnicas transversais e capacidade de gestão e liderança consensualmente reconhecidas. Por tudo isto, deixo-lhe aqui uma nota de agradecimento pessoal, mesmo sabendo que esta transição representa um ‘até já’ e que continuarei a cruzar-me com Luís Marques nos corredores da SIC”, escreve Francisco Pinto Balsemão na missiva de despedida.

Além da saída de Luís Marques — que ocupava os cargos desde 2008 –, e de Pedro Norton, a Impresa tinha também já dispensado Martim Avillez Figueiredo, numa estratégia de mudanças no grupo que entrarão em vigor no próximo mês.