Os Capitães de Abril vão regressar este ano às comemorações oficiais na Assembleia da República, avança o Expresso. Desde 2012 que os capitães não assistiam às celebrações do 25 de abril de 1974 no Parlamento, por oposição ao Executivo liderado por Pedro Passos Coelho e Paulo Portas.

“As razões que levaram a que não fôssemos [às comemorações do 25 de Abril na Assembleia da República] nos últimos três anos deixaram de existir. O poder agora não tem a prática de ataque a tudo o que cheira a 25 de Abril”, afirmou o presidente da Associação 25 de Abril, coronel Vasco Lourenço, ao Expresso.

Vasco Lourenço afirmou ainda que “este Governo e esta Assembleia da República têm uma postura diferente e mais positiva” face à revolução de Abril e que tem esperança de que o atual Governo viabilizado pelo PCP e BE seja duradouro.

No ano em que se celebraram os 40 anos de Abril, os capitães quiser falar durante as cerimónias oficiais da Assembleia da República, mas a presidente Assunção Esteves não deixou, o que causou alguma tensão entre a Associação 25 de Abril e o Parlamento.

Contudo, o novo presidente do Parlamento, Ferro Rodrigues, já convidou Vasco Lourenço para participar nas comemorações deste ano.