Os Los Angeles Lakers anunciaram no domingo a saída do treinador Byron Scott, que comandava a formação californiana desde julho de 2014, após a pior temporada regular na Liga norte-americana de basquetebol (NBA) da sua história.

“Os Lakers decidiram não acionar a opção para a época 2016/17 que constava no contrato de Byron Scott”, lê-se num curto comunicado do clube, no qual agradece o empenho do técnico e justifica a “mudança” com os “melhores interesses da equipa”.

Com Scott no comando, os Lakers protagonizaram as duas piores temporadas da sua história, contabilizando 38 vitórias em 164 jogos, das quais apenas 17 na presente época.

A permanência do técnico à frente da segunda equipa mais titulada da competição ficou a dever-se à proximidade com Kobe Bryant, que se despediu da NBA em 13 de abril último, aos 37 anos.