Dado a conhecer em Maio como um mero estudo de design, no Concorso d’Eleganza Villa d’Este, nas margens do Lago de Como, em Itália, foi o “interesse sem precedentes que provocou junto dos clientes” que obrigou a Aston Martin a repensar o futuro do “concept” Vanquish Zagato Coupé. O fabricante anunciou agora a decisão de passá-lo à produção, em versão limitada a apenas 99 unidades.

O novo modelo, o quinto produto saído de uma parceria com mais de cinco décadas entre a britânica Aston Martin e o gabinete de design italiano Zagato, praticamente não apresenta alterações face ao protótipo. E recorre ainda a vários elementos que remetem para outros veículos da marca de Warwick, como é o caso das luzes traseiras inspiradas nas do superdesportivo Vulcan, dos retrovisores semelhantes ao hipercarro One-77 e do perfil a evocar o futuro DB11.

Do “concept” transitam igualmente as distintivas luzes diurnas em LED redondas, assim como o tejadilho em bolha dupla, uma imagem de marca nos desportivos da Zagato desde a década de 50, que tinha por finalidade garantir espaço suficiente para os pilotos com os seus capacetes.

Construído em fibra de carbono, o Vanquish Zagato Coupé apresenta no interior vários pormenores e materiais exclusivos, a par de muito luxo e sofisticação. Em termos de motores, o modelo tem na base o já conhecido V12 6,0 litros da Aston Martin, a debitar 600 cv de potência, capaz de anunciar acelerações dos 0 aos 100 km/h em 3,5 segundos. Ou seja, um décimo de segundo mais rápido que o Vanquish dito normal.

Por conhecer fica apenas o preço definitivo deste promissor desportivo para coleccionadores. Promissor porque… o melhor é ver o vídeo.

[jwplatform ATkNhyHc]