439kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

O tanque de guerra faz 100 anos (e mudou muito)

Este artigo tem mais de 5 anos

Foi há 100 anos que foi usado pela primeira vez um tanque de guerra. Era o Mark I, britânico, e foi usado na batalha do Somme, no norte de França, em plena I Guerra Mundial.

O Mark I, construído pelo Reino Unido, foi o primeiro tanque de guerra
i

O Mark I, construído pelo Reino Unido, foi o primeiro tanque de guerra

Wikimedia Commons

O Mark I, construído pelo Reino Unido, foi o primeiro tanque de guerra

Wikimedia Commons

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Rio Somme, em França. 15 de setembro de 1916. Os Mark I britânicos avançavam sobre as linhas defensivas alemãs, estacionadas ao longo de 20 quilómetros no norte de França. Estava-se em plena I Guerra Mundial, e morreram ou ficaram feridas mais de um milhão de pessoas — foi uma das batalhas mais mortíferas de sempre. Mas a batalha do Somme ficou para a história porque, pela primeira vez, foram utilizados tanques de guerra. Foi há cem anos.

A utilização dos Mark I, ainda bastante rudimentares, representou uma reviravolta nas técnicas de guerra. Passou-se da estagnação das trincheiras — das quais era demasiado perigoso sair — para os ataques permanentes, com os militares protegidos no interior dos tanques. “Ninguém sabia o que eram. Só que eram nossos”, recorda um soldado inglês, citado pelo El País. Eram “grandes monstros de aço que se aproximavam lentamente, com dificuldade, a abanar, mas sempre a avançar”, lembram. Ao vê-lo, alguém gritou “Vem aí o diabo!”

Durante cem anos, centenas de modelos de tanques foram produzidos por todas as grandes potências mundiais, aumentando cada vez mais o poder destrutivo destes veículos. Foi na I Guerra Mundial que os tanques ganharam importância e se tornaram decisivos no desfecho dos combates. Conheça a história desta arma de guerra centenária, explorando a timeline interativa:

Em Portugal também foram usados, ao longo do último século, vários modelos de tanque de guerra. Veja nesta fotogaleria os modelos, mais ou menos discretos, usados pelo exército português:

5 fotos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.