Empresas

Compras no Continente dão direito a plano de saúde gratuito

18.919

Sem franquia, sem período de carência e sem mensalidade. É assim o novo Plano de Saúde Well's, que dá descontos acima de 40%. Planos de cobertura e exclusões ainda não são conhecidos.

O plano cobre várias especialidades, inclusive medicina dentária

Inácio Rosa/LUSA

Autor
  • Marlene Carriço

A SONAE MC (Continente e Well’s), em parceria com a Advancecare, acaba de lançar um novo plano de saúde. Sem franquias, nem período de carência, a SONAE apresenta o Plano de Saúde Well’s como o primeiro sem mensalidade para os clientes. Para ter direito a ele tem de ter gastado, em média, 50 euros por mês nas lojas Continente ou Well’s, nos últimos seis meses. Desta forma, a SONAE vai dando passos nesta que é uma aposta no mercado da saúde privada, com a prestação de cuidados médicos na mira.

Lançamos este Plano de Saúde Well’s a pensar nos 55% de portugueses que não têm qualquer seguro nem plano de saúde. Queremos democratizar o acesso à saúde privada em Portugal”, explicou ao Observador Inês Valadas, administradora da SONAE MC, responsável pela área de saúde e bem-estar.

O novo produto estará disponível já a partir desta quarta-feira, dia 12 de outubro, e quem tem cartão Continente ficará automaticamente inscrito. O plano pode ser estendido a todos os membros do agregado familiar (até um máximo de 12) sendo apenas preciso fazer a inscrição dos mesmos no site www.cartaocontinente.pt, através do número 707201919 ou nos balcões de apoio ao cliente.

Para ser abrangido por este plano terá de ter feito 300 euros em compras no conjunto dos últimos seis meses e a renovação do plano é semestral. O grosso das especialidades está abrangido, refere a administradora da SONAE, mas só no site criado para o efeito será possível perceber exatamente os detalhes da cobertura, bem como eventuais exclusões. Sabe-se, para já, que de fora ficam os internamentos (cirúrgico ou não cirúrgico).

Com uma rede de mais de 5.000 médicos, clínicas e hospitais privados, em Portugal continental e ilhas, o Plano de Saúde Well’s dará descontos imediatos de, no mínimo 40%, e ainda dará direito a um desconto de 15% no cartão cliente.

Na marcação da consulta e na ida ao médico apenas terá de saber o número do seu cartão cliente Continente e mostrar o seu cartão do cidadão.

O Plano de Saúde Well’s não tem franquia, nem período de carência como outros planos de saúde, e também não tem limite de idade, bem como não tem em conta o histórico clínico dos clientes.

SONAE com olhos na prestação de cuidados de saúde

A mecânica dos planos de saúde não é nova. O que é novo é não existir mensalidade“, resumiu Inês Valadas, administradora da SONAE, ao Observador. E sobre a sustentabilidade deste produto, sem custos para os clientes, a administradora da SONAE MC pouco adiantou, referindo que “a gestão dos prestadores é feita pela Advancecare, que negoceia todas as condições de negócio que são confidenciais”. “Mas é fácil de perceber que um prestador de saúde que faz parte deste Plano também vai ter muitos mais clientes”, o que poderá explicar que a redução dos preços e a não cobrança de mensalidade aos clientes.

A responsável acrescentou ainda que “a saúde e bem-estar é uma aposta do grupo SONAE MC” e que “este é um primeiro passo no desenvolvimento de uma estratégia”, que poderá incluir a prestação de cuidados de saúde privados. Lembrou Inês Valadas que as lojas Well’s já disponibilizam consultas de optometria e nutrição, por exemplo.

A administradora não esclareceu porém como consegue a SONAE lançar um plano destes sem custos para o cliente, não perdendo dinheiro, referindo que o Continente e para a Well’s “ganham porque oferecem mais um produto de valor aos clientes que vai ao encontro das suas necessidades, o que acreditamos nos vai diferenciar no mercado”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Web Summit

Explicações de verão /premium

Maria João Marques

Houve quem à esquerda, incluindo alguns deputados, propusesse proibir (o método do costume; é compulsivo) o convite a Le Pen. Mas claro que a expulsão de Alex Jones foi justíssima e motivo de aplauso.

Relações Internacionais

A nova economia política /premium

Manuel Villaverde Cabral

A imprensa diz que o FMI foi ultrapassado pelos acontecimentos e já se identificaram os países que poderão vir a estar na linha de mira dos especuladores. A única defesa de Portugal é a União Europeia

Nicolás Maduro

A Venezuela a ferro e fogo /premium

Diana Soller

Maduro tentará impor a sua vontade, agora que se sente verdadeiramente ameaçado. A oposição sentirá que não tem nada a perder. O que pode, efetivamente, degenerar numa guerra civil.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)