Quando o calendário chega a dezembro é certo e sabido que a nossa relação com a balança se altera. A ementa de Natal é tão apelativa que se torna difícil continuar a ter a perceção das calorias ou do teor de gordura de tudo o que se ingere. O contexto é mesmo favorável à chamada “desgraça”: abusa-se das quantidades, petisca-se a toda a hora e quanto aos doces e fritos nem se fala. A tentação é grande e nem sempre se consegue fugir dela. E ainda bem que assim é, porque os sabores associados ao Natal também trazem muita felicidade, que é sinónimo de saúde. O importante é, acima de tudo, manter o equilíbrio e o bom senso na hora de decidir as ementas.

A verdade é que, nesta quadra, as preocupações de toda a gente costumam ser mais que muitas. A azáfama relacionada com os preparativos, as compras e os jantares é tão grande que fica complicado encontrar tempo para planear menus saudáveis e equilibrados. A pensar nisso, com a colaboração do Programa Alimentação Saudável, da responsabilidade do Jumbo, elaborámos um guia SOS para este Natal, com dicas e muitas receitas. Para que a mesa natalícia apresente as deliciosas iguarias da consoada tradicional, mas com equilíbrio e criatividade.

11 fotos

Receitas com equilíbrio

Agora está na altura de colocar as mãos na massa, ou seja, passar à ação. Deixamos-lhe algumas receitas do site do Programa Alimentação Saudável do Jumbo para encher de saúde e sabor a mesa da consoada. Todas as receitas apresentam um teor controlado de açúcar e sal e são validadas pela equipa de nutricionistas Jumbo. Bom Natal e bom apetite!

Como confecionar doces em modo “saudável”

Mostrar Esconder

Este ano, ouse alterar as receitas de doces natalícios sem que ninguém dê por nada. Ou melhor, as diferenças vão ser notadas, mas pelos melhores motivos: os doces vão ficar menos enjoativos, mais saborosos e sobretudo mais saudáveis. Basta seguir os nossos conselhos e o sucesso é garantido.

1. Substituir o óleo das frituras pelo forno – De maneira a tornar algumas receitas típicas mais saudáveis é possível substituir a fritura pelo forno, cobrindo a base do tabuleiro com papel vegetal ou untando-o com azeite. Esta sugestão aplica-se não só às tradicionais azevias ou rabanadas, mas também para a fritura de batatas, rissóis, etc. Se mesmo assim optar por fazer fritos, escorra-os muito bem e coloque-os em várias camadas de papel absorvente. Além disso, evite a reutilização excessiva do óleo.

2. Cortar na quantidade de açúcar – Há sempre margem para cortar na quantidade de açúcar indicada nas receitas e o resultado é sempre vantajoso para a saúde de todos. Pode também utilizar-se açúcar mascavado ou amarelo, desde que não se aumente a quantidade. Outra opção é a substituição total ou parcial por adoçantes como a frutose ou a stevia, por exemplo.

  • Adicionar canela e fruta (tâmaras, figos, passas ou alperces secos, etc.) são outras soluções para compensar as quantidades de açúcar que se reduzem nas receitas de Natal.
  • Substituir os laticínios por versões menos calóricas. Optar por natas light, iogurte ou equivalentes vegetais, por exemplo.
  • Arroz doce e aletria são opções a considerar na ementa natalícia, uma vez que são feitos à base de leite e ovos, ricos em proteínas de alto valor biológico. Ainda assim, aconselha-se a não exagerar na quantidade de açúcar, arroz e massa, estes dois últimos para diminuir o teor total de hidratos de carbono por porção.

BACALHAU EM CAMA DE COUVE COM BROA

Receita da autoria de Jumbo e Dietética e Nutrição da ESTeSL

Ingredientes (para 4 pessoas)
400 g de bacalhau
1 couve portuguesa
200 g de broa
8 azeitonas pretas
4 dentes de alho
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de café de sal

Preparação

Coloque um recipiente ao lume com água e quando estiver a ferver coloque o bacalhau e deixe cozer. Após a cozedura, lasque-o.
Lave a couve, corte-a em juliana, coza-a em água a ferver com sal durante 10 minutos e escorra-a.
Esfarele a broa e misture-a com a couve cozida. Numa frigideira coloque o azeite, os dentes de alho picados e salteie a couve com a broa.
Coloque uma forma cilíndrica individual num prato e lá dentro coloque o preparado anterior com as lascas de bacalhau por cima e desenforme. Enfeite com as azeitonas pretas.

Para mais informações sobre a composição nutricional desta receita, o tempo de preparação ou o grau de dificuldade, consulte a receita original aqui.

PEITO DE PERU RECHEADO COM FRUTOS SECOS E ROMÃ

Receita da autoria de Jumbo e Chef Fábio Bernardino

Ingredientes (para 4 pessoas)
400 g de bifes de peito de peru
20 g de avelãs
20 g de amêndoas
20 g de nozes
1 colher de café de tomilho seco
2 colheres de sopa de azeite
5 g de vinagre
500 g de couve portuguesa
20 g de alho
60 g de cebola roxa
300 g de batata doce
1 romã média
1 iogurte natural
2 colheres de café de sal
1 colher de café de pimenta

Preparação

Comece por marinar o peru em iogurte com 1 colher de café de sal e ½ colher de café de pimenta, tomilho seco e sumo de ½ romã.
À parte, comece por torrar ligeiramente os frutos secos em ½ colher de sopa de azeite, e junte 200 gramas de couve portuguesa. Com este preparado, recheie os peitos de peru. E leve ao forno a 180°C durante 25 minutos, regando os rolos com a marinada.
Enquanto os rolos estão no forno, coza a batata-doce. Esmague grosseiramente e salteie no restante azeite com a cebola, o alho e 300 gramas de couve portuguesa. Junte os gomos do resto da romã e tempere com o restante sal e pimenta.
Sirva os peitos de peru recheados com a batata-doce e restante couve portuguesa.

O peru pode ser substituído por bifes de frango, assim como a batata-doce por batata e abóbora. Para saber mais sobre esta receita (composição nutricional, tempo de preparação ou grau de dificuldade), consulte a receita original aqui.

CURGETE REDONDA RECHEADA COM CARNE E LEGUMES

Receita da autoria de Jumbo e Samanta McMurray

Ingredientes (para 4 pessoas)
4 curgetes redondas (cortadas ao meio e sem miolo)
400 g de carne de vaca picada
1 cebola média picada
1 tomate médio maduro
4 colheres de sopa de polpa de tomate
100 g de cogumelos
3 cenouras raladas
q.b. coentros
1 colher de café de sal
1 colher de chá de alho em pó
q.b. pimenta
1 colher de sopa de azeite
100 g de arroz basmati já cozido só em água
1 colher de chá de queijo ralado (mozzarela)

Preparação

1. Pré-aqueça o forno a 180°C. Lave bem as curgetes, corte uma pequena fatia de um dos lados para criar uma base estável. Corte outra fatia maior do outro lado e retire o seu interior com a ajuda de uma colher.
2. Coloque a curgete no forno e cozinhe durante 15 minutos para amolecer ligeiramente.
3. Pique a cebola e coloque numa frigideira a alourar juntamente com o azeite. Adicione a carne picada, o alho em pó e envolva muito bem. Quando a carne começar a diminuir de volume, adicione a cenoura ralada, o tomate e a polpa de tomate. Reduza o lume e deixe cozinhar 10 a 15minutos.
4. Retifique os temperos com sal e pimenta no final. Adicione os coentros picados e envolva. Adicione à carne o arroz já cozido e envolva bem.
5. Retire as curgetes do forno e recheie-as com a mistura de carne e arroz.
6. Adicione um pouco de queijo mozzarella ralado e gratine durante 5 minutos no forno.

Embora esta não seja uma receita típica de Natal, servirá na perfeição para ajudar a manter toda a gente bem nutrida durante a azáfama natalícia. A receita é realizada juntamente com Samanta McMurray, do blog Eat Love para o Programa Alimentação Saudável do Jumbo. Aqui encontra disponível o vídeo da receita.

RABANADAS DE AMÊNDOA

Receita da autoria de Jumbo e Chef Fábio Bernardino

Ingredientes (para 8 pessoas)
400 g de pão da casa
100 ml de bebida de amêndoa
1 pau de canela
1 limão (casca)
1 ovo
60 g de farinha de amêndoa
20 g de açúcar em pó
20 g de canela em pó

Preparação

Numa panela prepare uma infusão da bebida de amêndoa com o pau de canela e a casca do limão. Bata o ovo e coloque num prato. À parte coloque também no prato a farinha de amêndoa. Embeba o pão cortado em fatias na infusão. Passe por ovo e depois por farinha. Leve ao forno a 200⁰C durante cerca de 10 minutos (até ficarem bem douradas). Passe por açúcar e canela em pó e sirva a acompanhar, por exemplo, um chá.

Tal como é salientado na receita original Jumbo, esta versão de rabanadas apresenta menos de metade da gordura, apenas um terço dos açúcares, dez vezes mais fibra e praticamente o dobro das proteínas em relação à receita tradicional, pelo que é uma excelente opção para apresentar na ceia deste Natal.