O ‘rapper’ Snoop Dogg e Donald Trump juntos, na mesma frase e no mesmo contexto. É uma combinação inesperada que está agitar a sociedade norte-americana e, claro, as redes sociais. Os protagonistas desta história não se cruzaram fisicamente: tudo aconteceu no novo vídeoclipe do rapper que satiriza o presidente dos Estados Unidos. Nesta história musical, Snoop Dogg ‘mata’, o presidente norte-americano, num vídeo onde os palhaços são as personagens principais.

Não só o momento em que o músico aponta a arma e dispara contra Trump, como aliás, todo o vídeo é bastante satírico para com presidente. As ondas de choque não se fizeram esperar, assim como a reação do alvo, neste caso o próprio presidente.

Na sua rede social de eleição, Donald Trump comentou o sucedido com duras críticas ao rapper e com uma ‘farpa’ à mistura para Barack Obama. No tweet pode ler-se: “Conseguem imaginar o alarido que seria se Snoop Dogg, carreira falhada em tudo, tivesse apontado e disparado uma arma contra o Presidente Obama? Tempo de prisão!”

Mais pessoas já tornaram público o seu desagrado perante a nova música e respetivo vídeo do rapper. O The Telegraph noticia que Marco Rubio, Senador da Florida afirmou que “Snoop não devia ter feito isto. Tivemos presidentes assassinados neste país”, uma referência ao caso de John F. Kennedy.

O advogado de Donald Trump, Michael Cohen, também repudiou publicamente o conteúdo do vídeo, em declarações ao site TMZ.

“Não há absolutamente nada de engraçado numa tentativa de assassinato a um presidente, e eu estou realmente chocado com ele, porque achava que ele era melhor do que isso.”

O vídeo que está a causar toda esta polémica pode ser visto aqui. O momento de todas a críticas surge ao minuto 3:02.