A Federação Húngara de Futebol vai homenagear no sábado, em cerimónia no Estádio da Luz (17h30), Miklos Fehér, futebolista que morreu aos 24 anos, num jogo do Benfica. Na homenagem ao jogador, que morreu a 25 de janeiro, vítima de paragem cardiorrespiratória em pleno relvado, num jogo em que o Benfica defrontava fora o Vitória de Guimarães, estarão jogadores da seleção húngara, treinadores e federação.

O Benfica será representado pelo vice-presidente do clube Domingos de Almeida e pelo ex-futebolista Nuno Gomes, que chegou a ser companheiro de Fehér na equipa encarnada e que é atualmente diretor-geral do centro de formação e treino do clube.

Um ano depois da morte do avançado, o Benfica inaugurou no Estádio da Luz um busto do jogador, em jeito de homenagem, após ter decidido também retirar definitivamente o número 29 das camisolas, aquele que pertencia ao futebolista.

Esta homenagem antecede o Portugal-Hungria, agendado para sábado as 19h45, com arbitragem do polaco Szymon Marciniak.

Portugal está no segundo lugar do Grupo B de qualificação para o Mundial2018, com nove pontos, menos três que a Suíça, que lidera, e mais dois que a Hungria, que é terceira.