Afirma-se pronto a enfrentar a “selva urbana”, e destaca-se pela sua aparência mais versátil, ao melhor estilo SUV, garantida por elementos como os volumosos pára-choques, as protecções adicionais da carroçaria (pára-choques e embaladeiras), as barras de tejadilho ou as exclusivas jantes de 15”. A confirmar a sua vocação polivalente, o Karl Rocks conta ainda com uma altura ao solo superior em 18 mm às das versões convencionais do citadino germânico, que não só facilita as entradas e saídas do veículo e garante uma posição de condução mais elevada e dominante, como lhe permite aventurar-se por outros terrenos que não o asfalto.

No interior, alguns pormenores de design estabelecem a ligação com o look exterior mais aventureiro. De resto, mantêm-se intocados atributos como as cinco portas, a generosa habitabilidade para cinco passageiros e uma bagageira que pode atingir uma capacidade máxima de 1.013 litros, mercê do rebatimento assimétrico do banco traseiro. A partir do Verão, será ainda possível equipar o Karl Rocks com o sistema de infoentretenimento Navi 4.0 IntelliLink, com navegação integrada, ligação à Internet e sistema OnStar de serviços de apoio em viagem e de emergência.

Sob o capot está montado o motor 1.0 de três cilindros e 75 cv, proposto na sua versão a gasolina, e ainda na variante apta, também, a consumir GPL. Ambas são combinadas com uma caixa manual de cinco velocidades, sendo que a primeira pode ainda usufruir da opcional caixa robotizada Easytronic. Já a versão FlexFuel consegue oferecer uma autonomia total de 1.019 km, por dispor de um depósito de gasolina de 32 litros, e outro de GPL de 20 litros.

À venda em Portugal em Maio, o Karl Rocks custará 13.240€ na versão de acesso, 13.890€ quando equipado com caixa Easytronic e 14.540€ na variante FlexFuel apta a consumir gasolina e GPL.