Obrigado por ser nosso assinante. Pode ler este e todos os artigos do Observador em qualquer dispositivo.

Um homem de 41 anos foi atropelado esta madrugada junto à rotunda sul do Estádio da Luz, em Lisboa. A notícia foi avançada pelo Correio da Manhã e confirmada ao Observador por fonte da Polícia Judiciária. O acidente aconteceu por volta das 2h40 e o condutor terá fugido depois do atropelamento.

Ao que o Observador conseguiu apurar, o adepto tratava-se de Marco Ficini. O homem, de nacionalidade italiana, era adepto da Fiorentina e também do Sporting. O Correio da Manhã refere que a vítima estaria acompanhada por elementos da Juventude Leonina e que tudo terá começado com um confronto entre esta claque do Sporting e uma claque do Benfica, durante o qual foram atiradas pedras.

Ao Observador, a PJ falou apenas numa altercação entre grupos de adeptos junto ao Estádio da Luz, confirmando no entanto o envolvimento de claques dos dois principais clubes de Lisboa. O atropelamento mortal terá sido precedido de arremessamento de pedras entre os dois grupos de ultras.

Sporting e Benfica já reagiram: clubes lamentam incidente desta madrugada

De acordo com a SIC Notícias, o italiano seria o número dois da segunda maior claque da Fiorentina. A ligação entre as claques da Fclube italiano, nomeadamente a 7Bello, e as do Sporting já é antiga. Tem duas décadas. E terá começado quando elementos da Juventude Leonina e da Torcida Verde se juntaram aos adeptos da Fiorentina num encontro a contar para os quartos-de-final da Taça das Taças frente ao Benfica, algo que seria mais tarde “retribuído” pela 7Bello e pelo Collettivo Autónomo Viola em jogos com o Inter e a Roma.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ainda hoje é assim: quando os italianos jogam em Portugal ou em Espanha, os leões juntam-se a eles e vice-versa. Foi isso que aconteceu esta madrugada: pelo menos dois adeptos viola já estavam em Lisboa (deveriam chegar mais entretanto) e um deles foi a vítima.

O atropelamento está a ser investigado pela PJ.