Crime

Mais de 100 pessoas LGBT assassinadas na Colômbia no ano passado

Mais de 100 lésbicas, 'gays', bissexuais e transgéneros (LGBT) foram assassinados em 2016 na Colômbia, indicou um relatório da organização não-governamental Colombia Diversa.

PORTER BINKS/EPA

Mais de 100 lésbicas, ‘gays’, bissexuais e transgéneros (LGBT) foram assassinados em 2016 na Colômbia, indicou um relatório da organização não-governamental (ONG) Colombia Diversa, que defende os direitos daquela comunidade.

Entre as 108 vítimas figuram oito lésbicas, 43 ‘gays’, dois bissexuais e 34 transgéneros, segundo a ONG que não dispõe de informação sobre as restantes 21 pessoas assassinadas no ano passado na Colômbia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)