José Eduardo dos Santos

José Eduardo dos Santos entrega “gestão” das exportações angolanas ao vice-Presidente

105

José Eduardo dos Santos, entregou ao vice-Presidente da República, Manuel Vicente, a coordenação do grupo de trabalho para a execução da estratégia para a diversificação e aumento das exportações.

A decisão consta de um despacho assinado por José Eduardo dos Santos, Chefe de Estado Angolano

PEDRO PARENTE / ANGOP/LUSA

O chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, entregou ao vice-Presidente da República, Manuel Vicente, a coordenação do grupo de trabalho para a execução da estratégia para a diversificação e aumento das exportações, que integra ainda oito ministros.

A decisão consta de um despacho assinado por José Eduardo dos Santos, ao qual a Lusa teve acesso esta terça-feira, e que refere que o grupo de trabalho é ainda “apoiado por um grupo dinamizador” do processo, coordenado pelo ministro das Finanças e com a participação das “seis instituições bancárias eleitas para realizar as operações cambiais de exportações”.

Angola vive desde finais de 2014 uma profunda crise financeira e económica, com consequências também cambiais, devido à quebra nas receitas com a exportação de petróleo, tendo lançado, há mais de um ano, uma estratégia para aumentar a produção nacional, através da agricultura e da indústria, diversificando as exportações e reduzindo as importações.

O grupo de trabalho liderado pelo vice-Presidente angolano foi criado por despacho presidencial de 11 de julho, a pouco mais de um mês das eleições gerais em Angola, às quais não concorre José Eduardo dos Santos, enquanto Manuel Vicente integra apenas a lista do MPLA, partido no poder desde 1975, para deputado.

Ainda assim, este grupo, que deverá reunir-se uma vez por mês, tem como missão “assegurar que as disponibilidades cambiais sejam efetivamente destinadas para as atividades de produtos exportáveis” e “identificar” os produtos angolanos com potencial exportador, bem como “os principais constrangimentos à colocação de produtos nacionais nos mercados potenciais internacionais”, entre outras competências.

Em março último, a imprensa angolana noticiou que o Banco Nacional de Angola (BNA) iria entregar a um grupo de seis bancos, dos 28 a operar no país, 80% das divisas a colocar no mercado primário. A lista incluía o Banco Angolano de Investimentos (BAI), o BIC, Banco Económico, Banco Millennium Atlântico, Banco de Negócios Internacional (BNI) e Banco Sol.

O documento confirma esta medida, referindo que o “grupo dinamizador” que vai apoiar o grupo de trabalho liderado por Manuel Vicente, integra ainda os ministros do Comércio e da Economia, o governador do BNA e os representantes dos seis bancos responsáveis por realizar as operações cambiais de exportações.

Angola atingiu em 2016 o título de maior produtor de crude em África, com mais de 1,7 milhões de barris de petróleo por dia, mas o encaixe com as receitas petrolíferas caiu para de metade, face a 2014, antes da crise.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
União Europeia

Mercados abertos num mundo em convulsão

Cecilia Malmström

Se alguma coisa aprendemos com a última década é que o comércio livre já não é um dado adquirido, pelo que temos de desenvolver mais esforços para manter os mercados abertos para as nossas empresas.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)