Fotogaleria

Fotogaleria. O hotel de luxo onde vai viver o senhor 222 milhões

194

O jogador que protagonizou a transferência mais cara no futebol vai viver num luxuoso hotel em Paris. Neymar vai ganhar um euro por segundo. Quantos segundos serão precisos para pagar uma noite?

Foi a transferência mais cara de sempre no futebol: 222 milhões de euros da cláusula de rescisão de contrato com o FC Barcelona. O avançado brasileiro Neymar assinou esta quinta-feira um contrato milionário com o Paris Saint-Germain. Com o contrato assinado, o avançado vai ganhar um euro por segundo. Mas quantos segundos precisaria Neymar para pagar uma noite no hotel? O jogador ruma a Paris esta sexta-feira para acertar os detalhes da sua ida para o clube francês.

O contrato é de cinco anos e nele está incluído um a estadia no hotel de cinco estrelas Le Royal Monceau, pertencente ao grupo Raffles Hotels & Resorts. O hotel inaugurou em 1928. Reabriu em 2010 como um dos mais luxuosos hotéis da capital francesa, depois de uma remodelação de dois anos, da autoria do designer francês Philippe Starck. Winston Churchill, Walt Disney, Coco Chanel, Hemingway, Madonna, Michael Jackson e Robert de Niro foram alguns dos clientes.

A morada de Neymar vai ser, nos próximos tempos, a avenida Hoche, muito perto do Arco do Triunfo e dos Campos Elísios. O jogador vai ficar num dos 149 luxuosos quartos de que o hotel dispõe. O hotel dispõe de um SPA, uma livraria de arte, um cinema de 99 lugares e uma “impressionante coleção de arte privada”, explica o site do hotel.

Os preços dos quarto variam entre 780 e 25 mil euros. O jogador vai ganhar cerca de um euro por segundo. Fazendo as contas, Neymar precisaria de 13 minutos para pagar o quarto mais barato, um estúdio de 36 metros quadrado, e de cerca de 7 horas para pagar o mais caro que pode ser a suite presidencial Katara, a Raffles ou a 241. As três suites têm 330, 350 e 280 metros quadrados, respetivamente. Mas o hotel está incluído no contrato e, por isso, Neymar não precisa de gastar o dinheiro que faz em 13 minutos ou 7 horas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ensino Superior

Bolonha, 20 anos depois

José Ferreira Gomes

Temos um falso sistema de dois ciclos de licenciatura e mestrado porque se está a generalizar a prática de admitir a mestrado estudantes que não concluíram a licenciatura. Estranho? Não em Portugal!

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)