O interesse do Barcelona em Ousmane Dembélé é antigo — o francês foi o “rei” das assistências e maior driblador da Bundesliga na última época. Um interesse que a saída milionária de Neymar para o Paris Saint-Germain só veio aguçar mais ainda.

Agora, e depois de sucessivos “não” por parte da direção do Dortmund a uma transferência do francês para a Catalunha — o jogador de 20 anos chegou até a faltar aos treinos, forçando a saída –, o Barcelona confirma que chegou finalmente a acordo com o clube alemão e pagará a “módica quantia” de 105 milhões de euros por Ousmane Dembélé. Este valor, por si só, faria de Dembélé o segundo jogador mais caro do mundo a par do também gaulês Paul Pogba. Mas um pouco por toda a imprensa espanhola e alemã se adianta que as variáveis (relacionadas com números de jogos, assistências, golos ou títulos conquistados) podem fazer acrescer ao preço mais 40 milhões de euros. Só Neymar (222 milhões) custou mais.

Por falar em Neymar, é também já conhecido o número que Ousmane Dembélé envergará esta temporada: e é precisamente o 11… que o brasileiro deixou vago há poucas semanas.

O Barcelona poderá, no entanto, não se ficar por aqui quanto a abrir os cordões à bolsa: o jornal catalão Mundo Deportivo avança esta sexta-feira que o Barça continua a negociar (e que está “otimista” quanto à concretização do negócio) com o Liverpool a contratação de Philippe Coutinho. A última proposta terá chegado aos 125 milhões de euros. E foi recusada… tal como as duas anteriores.

Onde está o Dembélé? Dortmund, Barcelona, qualquer interessado: liguem à mãe do menino, sff