Os agentes da PSP que foram chamados à discoteca Urban Beach na madrugada de 1 de novembro só registaram a ocorrência ao início da noite desta quinta-feira, 2 de novembro, depois de o vídeo que dá conta das agressões ter sido tornado público e saltado para as manchetes dos jornais, avança o Diário de Notícias. Ou seja, a PSP foi ao local mas não registou logo o caso oficialmente, fazendo-o apenas um dia e meio depois.

De acordo com o Diário de Notícias, uma patrulha da esquadra de Belém deslocou-se ao local depois das 7h (sendo que a discoteca fecha às 6h), não só por causa dos relatos de agressões mas também porque havia indicações de roubos. Foram identificados seis seguranças, três deles seriam os agressores, assim como foram identificados dois jovens agredidos. Foram tiradas notas num bloco, mas o registo do caso no sistema da PSP só foi feito ao início da noite desta quinta-feira, já depois de o comandante daquela esquadra ter chamado a atenção para a situação.

Segundo o Diário de Notícias os agentes da PSP deverão ser alvo de um inquérito interno devido ao seu procedimento. Entretanto, o Ministério Público já abriu um inquérito e o presidente da câmara de Lisboa, Fernando Medina, pediu uma reunião de emergência com a secretária de Estado da Administração Interna e o Comando Metropolitano da PSP. Os seguranças envolvidos nas agressões já foram afastados.

Em causa está o vídeo que esta quinta-feira à tarde começou a circular nas redes sociais e a gerar uma forte onda de indignação, que reporta um caso de agressão violenta a dois jovens à porta daquela discoteca de Lisboa ocorrido na madrugada de quarta-feira.

O vídeo mostra vários seguranças a agredir violentamente dois jovens. O início da filmagem mostra um jovem a levantar um segundo que está no chão e consegue pô-lo de pé. Nesse momento, dois seguranças aproximam-se e um deles dá um pontapé ao jovem, que volta a cair no chão. O segundo jovem tenta levantá-lo mas acaba também ele por ser agredido, com pontapés e murros na cabeça e na zona abdominal. Um segurança salta com os dois pés na cabeça de um dos jovens. No vídeo, vê-se ainda várias pessoas a assistir à cena de pancadaria.

[jwplatform dNYNHuc9]