Deputado australiano pede namorado em casamento no parlamento

"Só me falta fazer uma coisa: Ryan Bolger queres casar comigo?", perguntou o deputado Tim Wilson ao namorado, durante uma sessão parlamentar em que se discutia o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O deputado australiano Tim Wilson, de 37 anos, pediu o seu namorado Ryan Bolger em casamento durante uma sessão parlamentar, esta segunda-feira, quando se discutia o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“Este debate tem sido uma espécie de banda sonora para a nossa relação. Ambos sabemos que este assunto não é a razão pela qual nos envolvemos na política. Dêem-nos a reforma tributária”, começou Wilson.

No meu primeiro discurso, defini a nossa ligação através da aliança que está nas nossas mãos esquerdas e que é a resposta para as questões que não podemos colocar”, disse Wilson no discurso.

O pedido para oficializar a relação de sete anos foi feito no final de um discurso de Wilson em que defendia o casamento de pessoas do mesmo sexo no país. “Só falta fazer uma coisa: Ryan Patrick Bolger, queres casar comigo?”, terminou. Bolger, um professor primário de 33 anos, acenou que “sim” a partir do seu lugar no público. Depois de Bolger ter aceitado o pedido, os presentes no parlamento bateram palmas.

“A mensagem para todos os homossexuais deste país é clara. Gostamos de vocês, respeitamo-vos, a vossa relação é reconhecida como legítima e honrada como a de qualquer outra pessoa”, disse o primeiro-ministro, Malcolm Turnbull, realçando a importância do discurso de Wilson.

A Câmara dos Representantes está a realizar a sua última sessão de duas semanas do ano para debater o casamento entre casais do mesmo sexo, depois de um referendo ter dado vitória ao fim da proibição da união entre homossexuais.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.