Na China abre uma loja nova da Starbucks, em média, a cada 15 horas. Este dado tornaria, à partida, a abertura de uma loja em Xangai algo com zero valor notícia — seria simplesmente mais uma. Contudo, a nova loja da Starbucks em Xangai não é simplesmente mais uma, mas simplesmente a maior. Não só da China, mas de todo o mundo. E como se isso não bastasse, é a primeira do seu género fora dos Estados Unidos.

A Starbucks de Xangai é uma ‘Starbucks Reserve Roastery’ e tem mais de 2.787 metros quadrados — para escala, cerca de um terço da Casa Branca. As ‘ Torrefatoras de Reserva Starbucks’ (em português o nome fica menos sonante) oferecem aos clientes café especial, torrado em loja. Além de café, a loja chinesa vai também dar especial atenção aos chás, bebida que os chineses tradicionalmente consomem mais.

A empresa de Seattle, onde fica a segunda maior ‘Starbucks Reserve Roastery’, estabeleceu ainda uma parceria com a empresa chinesa Alibaba para promover a abertura da loja em Xangai através de marcações de provas de café online e venda de café produzido na torrefatora chinesa, bem como outros produtos.

No entanto, o título de maior Starbucks do mundo não vai ficar na China durante muito tempo. Daqui a dois anos, em 2019, vai abrir na cidade americana de Chicago uma ‘Reserve Roastery’ que esmaga por completo o recorde estabelecido pela loja de Xangai. O tamanho? 3994 metros quadrados — cerca de dois terços o tamanho da Casa Branca.