“Star Wars: Os Últimos Jedi” está prestes a tornar-se no segundo maior êxito diário de bilheteira (logo a seguir ao filme que o precedeu, o “Star Wars: O Despertar da Força”). As estimativas das vendas de bilhetes apontam para receitas de 104,8 milhões de dólares (89 milhões de euros) na sexta-feira, avança a Bloomberg.

A confirmarem-se as estimativas de vendas da Walt Disney, o último filme da saga iniciada por George Lucas torna-se na segunda longa-metragem a ultrapassar 100 milhões de dólares (85 milhões de euros) em bilhetes num só dia. Com estreia mundial marcada para 14 de dezembro (exceção feita para a China, onde só estreia a 5 de janeiro), “Star Wars: Os Últimos Jedi”acabou por ultrapassar as expectativas da própria Walt Disney, que apontava para receitas na ordem dos 99 milhões de dólares (84 milhões de euros).

Para os próximos três dias, as estimativas da Disney apontavam para 195 milhões de dólares (165 milhões de euros). Num horizonte de cinco dias, sobem para 215 milhões de dólares (182 milhões de euros).

“Star Wars: Os Últimos Jedi” foi escrito e realizado por Rian Johnson (que também realizou “Brick” e “Looper-Reflexo Assassino”). J.J. Abrams, que tinha realizado o último filme da saga ficou apenas com deveres de produção neste.