A Polícia Judiciária estará a investigar o jogo entre Rio Ave e Benfica da época de 2015/16, que terminou com a vitória dos encarnados por 1-0, por suspeitas de viciação de resultado. Segundo avançou esta sexta-feira à noite o Correio da Manhã e a CMTV, existem suspeitas de pagamentos a jogadores do Rio para perderem o jogo.De acordo com o jornal, a investigação começou no Porto mas terá passado para Lisboa por decisão de um magistrado do Ministério Público, que entendeu estar ligada a outra que está a ser desenvolvida pela Unidade de Combate ao Crime Económico e Financeiro da PJ tendo o Benfica como alvo.

Raúl Jiménez decidiu o Rio Ave-Benfica de 2015/16 com um golo aos 73 minutos (FRANCISCO LEONG/AFP/Getty Images)

Tudo terá começado durante a investigação às suspeitas de viciação de resultados no Feirense-Rio Ave da última temporada, que terá constituído como arguidos Cássio, Nadjack, Roderick Miranda e Marcelo (também a este nível, o Correio da Manhã diz que existirá indicações para o arquivamento deste processo). Neste novo caso, os mesmos quatro jogadores aparecem numa denúncia que defende que o Benfica terá utilizado empresários para pagar ou tentar pagar para facilitarem o triunfo dos encarnados.

Jogadores do Rio Ave terão sido pagos para perder um jogo

Fonte oficial do clube afirmou ao DN que o Benfica “não tem comentários a fazer por desconhecer todo esse assunto”, ao mesmo tempo que referiu esperar que a justiça fizesse o seu trabalho.