No maior mercado automóvel do mundo, vale quase tudo para colocar no mercado um produto que possa atrair mais consumidores. Só que enquanto as principais marcas locais procuram fazer o desenvolvimento dos seus próprios modelos, outros construtores há que não se inibem de dar uma espreitadela ao que se faz noutras paragens. E, depois, ficam de tal maneira inspirados que… copiam. Mas de uma forma que não deixa sequer margem para dúvidas, em relação ao automóvel que lhes serviu de “referência”.

O caso do Range Rover Evoque será dos mais conhecidos, mas está longe de ser o único. E, muito menos, o mais recente. O título da mais nova cópia posta em marcha na China é agora detido pelo K-One, um crossover eléctrico que é tal e qual o Mercedes GLA.

Nada os detém: chineses actualizam cópia do Evoque

Para se ter uma ideia, a secção frontal é de tal forma parecida com o pequeno SUV alemão que a única coisa original do K-One é… só mesmo o logótipo da marca. Mas, como isso raia a “loucura”, lá está ele: colocado exactamente no mesmo sítio onde o GLA tem a estrela da Mercedes!

Já na secção posterior, os designers chineses atreveram-se a alguns rasgos de criatividade e surpreendem com uma estética já mais afastada do crossover alemão, se bem que não tenham resistido aos farolins do Classe B. Outro detalhe que não deixa de ser interessante são as duas falsas saídas de escape. Falsas, claro está, porque o K-One é 100% eléctrico.

O clone chinês recorre exclusivamente aos serviços de um motor eléctrico com 130 cv, potência mais do que suficiente para lidar com o peso do conjunto (cerca de 1.400 kg). Ainda assim, o modelo está limitado a 102 km/h. Sobre a capacidade das baterias de iões de lítio nada se sabe, salvo que o pack é fornecido por outra empresa local, a Harbin Coslight Power.

Com 4,10 m de comprimento, 1,71 m de largura, 1,59 m de altura e uma distância entre eixos de 2,52 m, a cópia é ligeiramente mais pequena que o original.