O escocês Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United, deixou os cuidados intensivos, depois de ter sido operado de urgência no sábado a uma hemorragia cerebral, informou esta quarta-feira o clube da liga inglesa de futebol. “Sir Alex já não precisa de cuidados intensivos e vai permanecer internado para continuar a sua reabilitação”, lê-se numa mensagem publicada nas redes sociais do clube.

De acordo com os ‘red devils’, a família de Ferguson agradece o enorme apoio recebido, mas pede para que se continue a respeitar a privacidade do escocês durante o resto da recuperação. Ferguson, de 76 anos, terminou a carreira de treinador em 2013, após quase 27 anos no comando técnico dos ‘red devils’ — que assumiu em 1986 -, durante os quais conquistou 39 títulos, entre os quais 13 campeonatos de Inglaterra e duas Ligas dos Campeões, em 1999 e 2008.