Desemprego

Taxa de desemprego terá subido para 7,3% em maio

A estimativa provisória da taxa de desemprego em maio é de 7,3%, tendo aumentado 0,1 pontos percentuais face a abril, divulgou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

WU HONG/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A estimativa provisória da taxa de desemprego em maio é de 7,3%, tendo aumentado 0,1 pontos percentuais face a abril, divulgou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em comunicado, o INE adianta que em maio deste ano “a estimativa provisória da taxa de desemprego foi de 7,3%, tendo aumentado 0,1 pontos percentuais em relação ao mês anterior e diminuído 0,3 pontos percentuais face a fevereiro de 2018 e 1,9 pontos percentuais face a maio de 2017”.

De acordo com o INE, as taxas de desemprego “dos jovens e dos adultos foram estimadas em 20,8% e 6,3%, respetivamente. Ambas aumentaram 0,2 pontos percetuais em relação ao mês precedente”.

Em abril, a taxa de desemprego desceu para 7,2%, atingindo o valor mais baixo desde novembro de 2002, divulgou também hoje o INE.”A taxa de desemprego de abril de 2018 situou-se em 7,2%, menos 0,3 pontos percentuais do que no mês anterior, menos 0,7 pontos percentuais em relação a três meses antes e menos 2,3 pontos percentuais face ao mesmo mês de 2017″, refere o INE. “Aquele valor representa uma revisão em baixa, de 0,2 pontos percentuais, face à estimativa provisória divulgada há um mês e ter-se-á de recuar até novembro de 2002 para encontrar uma taxa inferior a esta”, acrescenta o instituto.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Demografia

Envelhecimento e crescimento económico /premium

Manuel Villaverde Cabral

Nada é mais importante para países como Portugal do que o imparável envelhecimento da população e as suas consequências a todos os níveis da sociedade, da saúde ao potencial de crescimento económico.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)