O incêndio que deflagrou esta quinta-feira, a meio da tarde, em Alfândega da Fé foi dado como dominado às 2h49, disse à Agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Bragança.

Ao final da noite de quinta-feira, os bombeiros já esperavam dar o fogo, que chegou a ter três frentes ativas, como dominado. “O combate ao fogo decorre de forma favorável. Empregamos uma mecânica de combate musculada e a esta hora temos uma única frente ativa. Os meios no terreno estão já posicionados para que durante a noite o fogo esteja completamente controlado”, disse na altura à Lusa o comandante operacional distrital do CDOS de Bragança, Noel Afonso.

O operacional frisou que nunca houve populações ou bens em perigo. O incêndio lavrava numa área de mato, eucaliptos e sobreiros. “Ganhamos posicionamento em relação ao fogo e de momento os meios de combate, incluindo máquinas de rasto, estão colocados de forma estratégica”, disse Noel Afonso.

De acordo com a mesma fonte, o alerta foi recebido pelas autoridades às 15h13. No terreno chegaram a estar mais de 200 bombeiros, apoiados por mais de 70 meios terrestres, que procedem agora a operações de rescaldo, de forma a evitar possíveis reacendimentos.

Artigo atualizado às 6h40 de 24/8